Notícias do Trigal
Pesquisa

Charcos com Vida
Por Maria do Céu Pereira (Administrador do Jornal), em 2013/03/08698 leram | 0 comentários | 147 gostam
O Dr. Armando Alves, do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto, veio à EB 23 para nos falar de "Charcos Com Vida".
"Aprendizagens eco-sustentáveis - Tenho no exterior uma sala de aula" é o nome do projeto que levou a escola a ganhar o prémio do Montepio, que contemplou cinco das cinquenta escolas cuja avaliação externa mais evoluiu nos últimos anos.
Além de outros aspetos, nomeadamente a construção de uma estação meteorológica (brevemente em funcionamento), de um ponto de observação de aves, de um anfiteatro, etc., a consecução do projeto pressupõe a construção de um charco. Foi para nos falar de charcos com vida que a Coordenadora de Projetos, Prof. Ana Oliveira, convidou o Dr. Armando Alves, da equipa do CIBIO (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto), que nos explicou que não existe uma definição universal para o termo "charco". Os charcos são massas de água parada ou de corrente muito reduzida, de carácter permanente ou temporário, de tamanho superior a uma poça e inferior a um lago. São ecossistemas dotados de grande fragilidade, singularidade e riqueza ecológica.
Alunos dos 5º, 6º, 7º e 8º anos e os professores interessados tiveram oportunidade de esclarecer dúvidas relacionadas com tudo o que envolve os charcos, desde a sua construção até à sua gestão e manutenção, as espécies que os habitam, as suas vantagens, os benefícios para o meio ambiente, a sua importância para a biodiversidade, enfim, tudo sobre a vida dos charcos.


Comentários

Escreva o seu Comentário