Notícias do Trigal
Pesquisa

Conímbriga, erupções e espinhas de bacalhau
Por Ana Oliveira (Professor), em 2012/11/26701 leram | 0 comentários | 136 gostam
Conímbriga, erupções solares e espinhas de bacalhau são o mote para várias notícias divulgadas na semana em que se comemorou o Dia Nacional da Cultura Científica. Também na nossa escola tivemos uma semana dedicada à cultura científica e à literatura.
A reconstituição virtual da Sala da Caçada, da Casa dos Repuxos (de Conímbriga), realizada por Alexandrino Gonçalves e em destaque na revista «Nature»; a atenção dedicada, nos últimos dias, a gigantescas erupções solares que podem afetar a tecnologia na Terra e produzir belíssimas auroras boreais; e a possibilidade de utilizar espinhas de bacalhau para produzir próteses ósseas foram algumas das interessantes notícias divulgadas nos sítios da internet “Ciência Hoje” e “Público - Ciência”, na semana que passou e na qual se comemorou o Dia Nacional da Cultura Científica, dia do nascimento de Rómulo de Carvalho (24 de novembro).

Na nossa escola, também vivemos, durante a semana passada, a ciência de um modo especial. Várias turmas prepararam peças de teatro, literárias ou musicais envolvendo as Ciências, a Língua Portuguesa e a Música numa simbiose que foi quase perfeita. O 7.º A apresentou uma peça com uma experiência sobre a cromagem e o poema “Pedra Filosofal”, e o 7.º B apresentou uma peça com a experiência em que numa caixa de papel se aquecia água e o poema “Lágrima de Preta”, peças essas que tiveram como base o livro de Rómulo de Carvalho “Física para o Povo”. O 7.º C apresentou uma entrevista imaginada a António Gedeão e o 9.º A e o 9.ºC presentearam-nos com peças diferentes relacionadas com a Tabela Periódica e a síntese da água. Na atividade Chá e Poesia, o Grupo de Cavaquinhos e Cordas musicou o poema "Lágrima de Preta" e o 6.º C apresentou o poema "Impressão Digital". Foram ainda expostos alguns trabalhos de alunos e experiências interativas.

Os alunos envolveram-se com verdadeira coragem e vontade, tal como a dos cientistas, e estão de parabéns. Orientados pelos professores de Ciências da Natureza e Físico-Químicas, pelos professores de Língua Portuguesa e pelo professor coordenador do Clube de Cordas e Cavaquinhos do Trigal, com o precioso auxílio da professora bibliotecária e da sua equipa, assistimos, na Biblioteca do Trigal, a momentos de grande valor - verdadeiras aulas, fora da sala de aula, de e para os alunos.

Em jeito de nota final, acrescenta-se que Rómulo de Carvalho nasceu em 24 de novembro de 1906 e faleceu em 1997. Foi professor de Física e Química, investigador de História das Ciências, divulgador da Ciência, fotógrafo, pintor, ilustrador e poeta. Em 1996, quando completou 90 anos, foi imensamente homenageado, e José Mariano Gago, o então Ministro da Ciência e Tecnologia, propôs que o dia 24 de novembro fosse comemorado como o dia Nacional da Cultura Científica - “um momento privilegiado, todos os anos, de balanço, de reflexão e de acção sobre o papel do conhecimento no nosso futuro”(1). Rómulo de Carvalho é ainda mais conhecido como poeta, com o pseudónimo de António Gedeão, sendo os poemas “Pedra Filosofal” e “Lágrima de Preta” alguns dos mais famosos, por terem sido musicados por Manuel Freire, Carlos do Carmo e Adriano Correia de Oliveira, entre outros. Contudo, o “Poema para Galileu” é uma referência para aqueles que gostam de Física:

“(…)Eu queria agradecer-te, Galileo,
a inteligência das coisas que me deste.
Eu,
e quantos milhões de homens como eu
a quem tu esclareceste,
ia jurar - que disparate, Galileo!
- e jurava a pés juntos e apostava a cabeça
sem a menor hesitação -
que os corpos caem tanto mais depressa
quanto mais pesados são.
Pois não é evidente, Galileo?
Quem acredita que um penedo caia
com a mesma rapidez que um botão de camisa ou que um seixo da praia?
Esta era a inteligência que Deus nos deu.
(…)”
António Gedeão

(1)Cassoni, Ana Carolina, “Rómulo de Carvalho – António Gedeão” Atual: 2007, [Consult: 26 nov 2012], Disponível em: http://www.romulodecarvalho.net/Homenagens.html

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário